segunda-feira, 12 de abril de 2010

O Fantasma do Jardim


Alguma pista para o fim de tudo?
Um dia esquecido na memória de alguém, foi isso que eu lhe falei?
Eu jurei que ia anestesiar a ansiedade com um gole de tudo que suportei e com isso entender o tempo que passou.
Você sentiu minha dor?
Ignorou a silhueta do corpo caído.
Terror! E eu moldando um novo mundo.
Em todos lugares, como se eu pertencesse a nenhum... Eu vago entre as folhas no jardim, posso viver todas as estações, eternamente...
O fantasma caminha no jardim...
A vingança catalogada nas feridas...
Não chame seu nome...
A noite brinca com seu espírito...
A história que acabou...
O Ser abandonado na grama verde, sangrando até a morte. A dança que marcou os últimos momentos, foi apenas utopia que tudo daria certo.
Era uma vez, então, a vingança de uma traição.Um único disparo para o último suspiro.
Foram-se os dois, testemunhas de um crime perfeito.
Era só mais alguém que morreu por amor; Abandonado no jardim ao sabor do sereno.
A dama de vermelho foi embora sem desmostrar amor por seu cônjugue.
Como pôde ser tão fria?
Como pôde jogar fora todos os anos que ele lhe contentou.
Tudo o que sonhou por ela abandonado nas folhas no vento.
Ela o deixou, ela o deixou caído.
Por quê? Por quê?
Eu não consigo entender o mundo fora do mundo dos poetas.

6 comentários:

Hysteria Project disse...

noooss...fikou triste...
mas bonito=]

Hysteria Project disse...

a imagem fikou dahora com o texto^^

luciana disse...

ui, ela larga msm sem dó?

triste saber disso, sempre buscamos finais felizes, mas o texto é bem legal.

Rafiki disse...

Me pergunte se quem realmente vaga é o fantasma de quem teve a vida roubada ou é a alma( ou parte dela) da Dama de gelo vermelha.

E quem entende os porquês?

Sarah Miller disse...

suzy amei de paixão mesmo, muito triste, e como sempre sua escolha de palavras é a melhor!
só uma pergunta
pq que tudo que eu leio que a suzy escreve eu choro? pq que a suzy tem que emocionar todo mundo com o que ela escreve? pq que a obra da suzy é o máximo? ah sei lá, só ela mesmo!

Matheus Porto disse...

Parabéns pelo blog Suzy !
Os textos estão ótimos !