segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Miragens






"Em um vale...
Sonhamos cruzando os dedos
Medindo as palavras
Acreditando nas promessas de um certo alguém
Será que alguém vai nos salvar?
Cada passo
Cada olhar
Uma história para contar
Estamos a cada dia mais unidos por desejos
O poeta dança com letras
Enquando o desenhista para a paisagem
Uma melodia vem me acalmar
E e eu sei que isso é apenas parte de nós
Mas eu acredito que um dia nós iremos continuar
Aquelas pegadas
Aqueles sorrisos
Parte de um amanhã que se foi
Sorrindo em passado
Instantes pretrificados nas lembranças
Nos póstumos desejos de voltar ao tempo...
Por um sorriso...
Por um abraço...
Por uma vida...
Por deuses adormecidos
Por uma questão de honra
Por palavras entaladas
Para tudo se encaixar outra vez... "


-------------------------------

A noite passada estava tão fria; uma caixa está aberta... um manto estendido sobre a cama e tudo o que eu tenho é uma leve lembrança. Um jogo fatal em um pesadelo. Você estava tão diferente, tão próximo a mim e hoje tudo está em outros planos.

Eu fiquei com medo, mesmo de olhos fechados e trancada no quarto... porque era como se você quisesse me levar até seu abismo, me convencendo que havia como voar. Mas você queimou minhas asas!

Em cada miragem, meu sonho parecia uma rocha nas nuvens. Mas mesmo assim não era hora para dizer adeus.

Eu acordei e o pior foi acordar para a realidade.

Os homens estão esculpindo pedras, às vezes deixando seu coração tão duro quanto as mesmas... e esquecendo de serem preciosos também.

Os poetas estão como piratas, a busca pela aventura é por um tesouro e para depois escondê-lo, alguém irá ditar seus mapas até algo verdadeiro. Os poetas estão com pilhas de sentimentos, os piratas com pilhas de tesouros. Qual a diferença? Alguém já roubou seu coração?


Três horas da noite e tudo parece calmo, por dentro minha alma queima; de alguma forma eu sinto ir mais além quando sua presença toma conta de mim. Um fantasma dos desejos presos em meus receios.

Meninas e suas bonecas. As divas estão na moda. Está na moda brincar de ser alguém (mesmo você já sendo), então alguém está brincando de ser feliz.


Pequenos trechos de poemas perdidos pelos quartos, a bailarina esquecida no sotão e tudo o que temos é poeira nos diários, foi-se um pouco do que éramos e deixamos alguns sonhos aos filhos.

Pela janela o clima está sempre mudando.

A doce fantasia do tempo leva nossos espíritos em uma dimensão indiscutível. E então tudo fica mais longe, às vezes esquecendo do que está às margens de nós. Por favor não diga que vai voltar, agora que tudo estava cicatrizando... minhas feridas irão se abrir, eu já tinha cicatrizes para chorar o suficiente.

Acabe com o que restou antes que seja o fim. Antes que eu acorde por completo da loucura de ser sincera pelo que não existe.

Abra as portas dos medos. Sim! Afunde os navios de seu mar de lágrimas, há tempo, há apenas um tempo, um instante... alguns olhares para você perceber que aquele reflexo nem sempre será eterno.


Lobos seguindo além dos vilarejos, uma pequena estrela, sereias sedunzindo, e a quem estão os piratas? Um dia eles afundam com seus navios, aqueles mesmos donos dos seus medos e confidentes de sentimentos tão fortes que apenas velhos diários podem contar, ou um sonho qualquer...



Texto por:( Suzy M. Hekamiah)

Imagens


19 comentários:

Duda Lima disse...

Belos textos Suzy!
Fiquei pensando no poeta e no pirata, ladrões de corações e tesouros. Muito legal isso! =)
Também em outra parte falou em quase cicatrizes que às vezes voltam a doer, isso também é forte!
Com sempre seus textos são ótimos! ^^
BEijoss

Neo disse...

Mais um belo texto hein...
Muito legal voltar aqui.

Beijo pra você e que 2009 seja feliz...


Neo
Todos os Sentidos.wordpress

Ana disse...

que linda a postagem, apela para um lado gotico, bonito.



Obs: Voce fez um link pra mim, obrigada, faço um pra ti,

obrigada pela vizita
;*

Balinha disse...

O primeiro me soou como uma mulher que espera voltar com ele.
Não tem jeito, se não for pra ser dela, ele não volta nunca mais.

junior disse...

cara incrivel mt bonito. parabéns...

http://jrtalvez.blogspot.com/

simple_chi! disse...

parabens mesmo!! muito bons os textos! da mesmo o que pensar, e toca bastante a gente, pelo menos eu... gostei muito!! parabens!

historiaspraboidormir disse...

roubam-te e o levam para não sei aonde
o pior de tudo eh q ficas sem
sentir quase nada por dentro
a vida pisa... e o sono não aparece...
nada pior do q fikr olhando o teto e naum axá-la...

não, não peço q me deixe ileso
roubem-me... isso me deixa feliz
soh sei viver assim

I want it all ~ disse...

Katy Perry e Paramore ownam com certeza! x3

Elas são demais \õ/

I want it all ~ disse...

Suuuzy!
Passa lá no meu blog e lê a postagem que fiz agoriinha :D
Você vai gostar! *-*
Vai sim, juro juro.
Beijos :*

Thaís - MissLexotan6mg disse...

Belíssimas palavras Suzy!
:D
Cmo sempre, neh!
Obrigada pelos coments lah no blog! Adoro suas visitas ^^

Bjos

Thaís - MissLexotan6mg disse...

Oiii ^^
Passa lá no Lust para pegar o premio "dardos" que eu dividi contigo.

Bjs

O_Celha disse...

Lindo o poema, parabéns. ^^

Daia disse...

*-* simplesmente adorei.
como sempre.

;***

Camila disse...

Estou indicando um prêmio pro seu blog lá no meu.

Bom... na verdade é um meme, tem umas regrinhas lá, mas eu achei até divertido. Espero que você goste!

té mais...

· Dany Souza disse...

Oii. Eu sou do blog Reflecting a mind of Stories. Vim dizer que te indiquei a um selo. Espero que goste.
Beijoooos!
Boa semana pra vc

www.secrets-specials.blogspot.com

Ana Karina disse...

Essas cicatrizes doem e muito, mas creio que pior é não ter a lucidez da realidade. Adoro a pronfundidade dos seus textos. Parabénss!!
Será sempre bem vinda no Cor de escarlate.
Beijãooo!

Rubra disse...

Ótimo texto, apaixonante.

Daia disse...

tem uma espécie de promoção rolando pelos blogs, indiquei o teu! Confira mais detalhes em http://seexistopensamentosexistem.blogspot.com/2009/01/selo-olha-que-blog-maneiro.html

Beijo Susy!

Fortaleza da alma disse...

É bacana notar afinidades entre aquilo que se lê, aquilo que se imagina e aquilo que a autora expressou tão bem. De miragens fantásticas parece povoada sua cabeça, de olhares curiosos e buscadores de entendimento está a minha. Gostei muito do seu texto,meus parabéns pelo blog. Lindas imagens!