domingo, 24 de agosto de 2014

Sombras

Olha como estamos
Depois de tantas conversas
Olha o que sobrou de nós
Um estranho de cada lado

Se você pudesse entender o que senti quando te vi
Eu nunca quis te assustar
Eu nunca quis ser mais daquilo que eu sou
Se você pudesse entender que meu amor não é drama
Se você pudesse entender que eu só quero o bem para você

Eu não consigo fingir
Acho que nunca consegui fingir como eu sou frágil com você
Acho que nunca quis esse sentimento
Eu nunca quis trair nosso elo

Eu comecei a ter medo 
Eu comecei a comparar o antes e o depois
E eu tenho medo do que nos tornamos
Viramos apenas sombra 
Sombras de qualquer medo 

Eu nunca quis mais do que você poderia oferecer
Agora você não me oferece mais nada
E eu sinto que o erro é meu, apenas por gostar de você

Olha como estamos agora
Depois de tantas conversas
Olha o que sobrou de nós

Um estranho de cada lado
Postar um comentário